Página principal

De Sala Brusque Virtual

Edição feita às 17h39min de 22 de junho de 2017 por Alicas (disc | contribs)
(dif) ← Versão anterior | ver versão atual (dif) | Versão posterior → (dif)

Acervo Sala Brusque
História dos Bairros

Guarani · Jardim Maluche · São Luiz · Santa Terezinha · Santa Rita · Águas Claras · Azambuja · Bateas · Cedrinho · Centro · Cerâmica Reis · Cristalina · Dom Joaquim · Limeira · Limoeiro · Nova Itália · Paquetá · Planalto · Poço Fundo · Ponta Russa · Primeiro de Maio · Rio Branco · Santa Luzia · São João · São Pedro · Souza Cruz · Steffen · Thomaz Coelho · Volta Grande · Nova Brasília · Zantão

Como pesquisar em
Personalidades

Políticos · Religiosos · Educadores

Brusque 150 anos

Síntese Histórica · Livro · Desfile · Praças · Exposições · Mostras · Igreja Luterana

MEMÓRIAS DA RUA HERCÍLIO LUZ (RUA DAS CARREIRAS)

  • Marlus Niebuhr

Este artigo pretende valorizar a memória de moradores da Rua Hercílio Luz, que concederam entrevistas durante o ano de 1998, e que foram devidamente arquivadas no Centro de Documentação Oral e memória – CEDOM, do Centro Universitário de Brusque – UNIFEBE.

Rua das Carreiras
Acervo SAB.
A rua Hercílio Luz, uma das mais tradicionais de Brusque, já teve outros nomes como General Osório e Siqueira Campos. Mas o nome “Carreiras”, ou o mais espontâneo “Rua das Carreiras”, é o nome pelo qual a maioria dos brusquenses refere-se ao local. A denominação não oficial, mas que caiu no gosto popular, tem origem nas antigas corridas de cavalos que eram realizadas na rua. As disputas marcaram a história do local e estavam nas lembranças dos moradores. “Eu nasci depois da época das carreiras. Meus pais me falaram que as corridas eram de mais ou menos uns mil metros”, contou o brusquense Gerald Ulber. (...)

Clique no título para continuar lendo: MEMÓRIAS DA RUA HERCÍLIO LUZ (RUA DAS CARREIRAS)


21 de novembro:


Nasceram neste dia…


Faleceram neste dia…

Outros dias: 19 · 20 · 21 · 22 · 23 | ver todos…

Mutter Jonk ou Margarethe Jonk
Nascida Todt, era natural da Alemanha. Cedo emigrou para o Brasil, cuja cidadania abraçou, prestando juramento, no dia 27 de setembro de 1857, na Freguesia de Santa Tereza de Valença, no Rio de Janeiro. Casou com Ferdinando Jonk, natural de Holstein, Alemanha, em Petrópolis, tendo desse matrimônio nascido 5 filhos, 42 netos, 88 bisnetos e 4 tataranetos.


Ficheiro:Wbar_pink.jpg

Antiga Igreja de Santa Terezinha ampliada. Acervo FCB/Ifigênia Contesini Vinotti
Ficheiro:Wbar_pink.jpg
Visualizações
Ferramentas pessoais
Navegação
Ferramentas