Poço Fundo

De Sala Brusque Virtual

  • Álisson Sousa Castro, Historiador.

Inicialmente a localidade foi conhecida pela denominação "Boemia". Como havia um rio profundo na localidade, os pais alertavam as crianças para que não fossem no dito rio pois lá haveria um poço fundo[1], o que passou a ser o novo referencial e denominação do bairro.

Tabela de conteúdo

Educação

E.E.F. Poço Fundo[2]

Em meados de 1905, 52 famílias residentes na então denominada localidade Boemia reuniram-se para fundar uma escola para seus filhos. O pagamento do Professor seria feito com a cotização dos pais, assim como em outras comunidades. Estava, portanto, plantada a semente da atual Escola de Ensino Fundamental “Poço Fundo”.

Em março de 1906, após a construção de uma sala, iniciaram-se as aulas. O primeiro Professor contratado pelos pais foi o Sr. Bartolomeu Zucco, que atuou até 1924. A partir de 1925, assumiu a vaga de Professor o Sr. Francisco Bodenmüller, ambos nascidos na localidade. Bodenmüller lecionou até 1934.

Em 1935, foi construído o primeiro prédio de madeira pelo Governo do Estado, sendo contratada como Professora a Sra. Sylla da Silva Cabral.

Em fins de 1969, foi construído pelo Governo do Estado, um prédio de alvenaria, com duas (2) salas de aula, gabinete, varanda e sanitários, onde atualmente está localizada a Escola nas terras doadas pelo Sr. Ângelo Sbardelatti.

Em 1991, a referida Escola, por meio de Convênio firmado com a Secretaria de Estado da Educação, passa a ser mantida pela Prefeitura Municipal de Brusque.

No dia 30 de junho de 1996, foi inaugurada a ampliação de mais 02 salas de aula. Em 1998 o educandário é renomeado como "Escola Reunida Municipal Poço Fundo[3]. Logo em seguida, em 2000, recebe o atual nome: "Escola de Ensino Fundamental Poço Fundo"[4].

A partir de janeiro de 2001, por meio do Decreto N. 4.680/2001, a Escola Reunida Municipal Poço Fundo recebe a implantação do Ensino de 5ª/8ª Série, com o nome de Escola de Ensino Fundamental "Poço Fundo", beneficiando mais de 150 alunos, que doravante poderiam concluir o Ensino de 1º Grau, no próprio bairro, sem a necessidade de depender de ônibus para concluir seus estudos, minimizando sobremaneira as famílias, pois não precisariam mais gastar com transporte escolar.

Em 2002, foi entregue à Comunidade Escolar e do Bairro, a ampliação da Escola, construindo 02 salas de aula, 01 sala para a Biblioteca, Secretaria, Sala dos Professores, além da pintura geral do todo o prédio.

Em março de 2006 a Escola de Ensino Fundamental "Poço Fundo" comemorou seu centenário de existência.

C.E.I. Adelina Zen[5]

O Centro de Educação Infantil "Adelina Zen" foi inaugurado no dia 26 de abril de 1998, em prédio próprio situado na Rua Fernando Zen, iniciando com 80 crianças matriculadas na faixa etária de 03 a 06 e 11 meses, em período parcial, com o seguinte quadro de funcionários: 02 professoras, 01 servente, 01 merendeira e 01 diretora, todos com a carga horária de 40 horas.

Aos 18 de junho de 1998, instituiu-se a Associação de Pais e Professores - APP, efetiva em Assembleia pelos pais e professores, que junto com a entidade participa ativamente na organização e decisão de atividades na escola.

O CEI Adelina Zen recebeu este nome em homenagem a matriarca da família Zen, que aliás, foi quem doou esta propriedade e em parceria com administração pública na época e comunidade vieram a construir o prédio.

O projeto partiu da necessidade das mães terem um local que cuidasse e educasse seus filhos enquanto trabalhassem, geralmente em confecções ou facções, já que na ocasião, a confecção para a pronta entrega teve um salto qualitativo para a economia Brusquense.

Religiosidade

Igreja Nossa Senhora da Saúde

O registro de fundação da Capela Nossa Senhora da Saúde é de 1895. Em uma antiga casa de madeira, os fiéis costumavam de reunir. A nova sede começou a ser construída em 1979[6].

Referências

  1. Nilda Zen apud ANDRADE, Thiago. Bairro Poço Fundo. In: O Município, Brusque, 7 de outubro de 2010. p. 9.
  2. Informações fornecidas pela Secretaria Municipal de Educação.
  3. Brusque. Decreto nº 4.084 de 23 de junho de 1998 que "Transforma Escolas Municipalizadas".
  4. Brusque. Decreto Nº 4.618 de 20 de novembro de 2000.
  5. Informações fornecidas pela Secretaria Municipal de Educação.
  6. ANDRADE, Thiago. Op. Cit. p.9.
Ferramentas pessoais