Página principal

De Sala Brusque Virtual

Acervo Sala Brusque
História dos Bairros

Guarani · Jardim Maluche · São Luiz · Santa Terezinha · Santa Rita · Águas Claras · Azambuja · Bateas · Cedrinho · Centro · Cerâmica Reis · Cristalina · Dom Joaquim · Limeira · Limoeiro · Nova Itália · Paquetá · Planalto · Poço Fundo · Ponta Russa · Primeiro de Maio · Rio Branco · Santa Luzia · São João · São Pedro · Souza Cruz · Steffen · Thomaz Coelho · Volta Grande · Nova Brasília · Zantão

Como pesquisar em
Personalidades

Políticos · Religiosos · Educadores

Brusque 150 anos

Síntese Histórica · Livro · Desfile · Praças · Exposições · Mostras · Igreja Luterana

Os donos da terra: Xokleng

  • Marlus Niebuhr

Quando enfocamos nosso olhar para o sul do Brasil e o tema são os povos que habitavam esta terra, buscamos as palavras do antropólogo Sílvio Coelho dos Santos, no seu livro “Índios e brancos no sul do Brasil: a dramática experiência dos Xokleng”:
No território em foco, duas regiões podem facilmente ser distinguidas: litoral e planalto. Entre este ou aquele, a floresta subtropical cobria as serranias e os vales, dificultando a penetração. Este obstáculo natural impossibilitou as empreitadas escravocratas dos portugueses e permitiu abrigo às populações que logravam pressentir a aproximação dos atacantes. No primeiro século da conquista, entretanto, os “Carijó” foram dizimados ou levados para os mercados de escravos de São Vicente. Na região de florestas e campos, da encosta e do planalto, permaneceram dois grupos tribais: os Xokleng e os Kaingang. (...)
Clique no título para continuar lendo: Os donos da terra: Xokleng


26 de maio:

  • 1885 - Concluída a edificação de uma capela de 6x3m dedicada à Nossa Senhora de Caravággio no bairro Azambuja, obra que marca simbolicamente como sendo o início do Santuário
  • 1923 - Gazeta Brusquense noticia inauguração do Hotel Central, de propriedade de Carlos Gracher. O hotel possui aposentos confortáveis e comidas variadas.
  • 1929 - O Progresso noticia solenidade em comemoração à aparição de Nossa Senhora de Caravaggio no Santuário de Azambuja.

Nasceram neste dia…


Faleceram neste dia…

Outros dias: 24 · 25 · 26 · 27 · 28 | ver todos…

Mutter Jonk ou Margarethe Jonk
Nascida Todt, era natural da Alemanha. Cedo emigrou para o Brasil, cuja cidadania abraçou, prestando juramento, no dia 27 de setembro de 1857, na Freguesia de Santa Tereza de Valença, no Rio de Janeiro. Casou com Ferdinando Jonk, natural de Holstein, Alemanha, em Petrópolis, tendo desse matrimônio nascido 5 filhos, 42 netos, 88 bisnetos e 4 tataranetos.


Ficheiro:Wbar_pink.jpg

Rua das Carreiras, ao lado direito prédio da administração da Colônia Itajahy-Brusque. Acervo FCB/Aurelino de Souza
Ficheiro:Wbar_pink.jpg

"La Chute" de Philip Peryn, participante do Simpósio Internacional de Esculturas do Brasil.
Visualizações
Ferramentas pessoais
Navegação
Ferramentas