Página principal

De Sala Brusque Virtual

Síntese Histórica

  • Marlus Niebuhr

De acordo com o historiador Oswaldo Rodrigues Cabral, o movimento colonizador de Santa Catarina iniciou-se no ano de 1829, dirigindo-se especialmente para a zona litorânea, com a chegada dos primeiros imigrantes alemães, que se localizaram, então, em território que constituía o Município de São José.
Estes escritos iniciam a obra: “Brusque: subsídios para a História de uma colônia nos tempos do Império”, pedra fundamental da pesquisa sobre a história de Brusque. Livro este que foi editado pela Sociedade Amigos de Brusque em comemoração ao primeiro Centenário da fundação da Colônia, em 1960.
O ano de 1829 marca a fundação da Colônia de São Pedro de Alcântara. Outras colônias alemãs podem ser enumeradas, 1837 em Vargem Grande; 1847 em Piedade; 1850 em Blumenau; Itajaí em 1860.
Voltemos a 25 de julho de 1860! Desembarcam em Itajaí, a primeira leva de 55 colonos alemães! O céu se achava nublado, quando partiram da ilha de Santa Catarina, com o vapor Belmonte, este que havia participado das operações da Guerra do Paraguai.
Sulcando o verde mar, o Belmonte tinha como destino à pequena vila de Itajaí! A bordo encontrava-se o Presidente da Província, Dr. Francisco Carlos de Araújo Brusque, que acompanhou os primeiros colonos até a barra do Itajaí-Mirim. (...)
Clique no título para continuar lendo: Síntese Histórica


31 de agosto:

  • 1860 - É escrito o primeiro documento sobre a Colônia Itajahy-Brusque, um relatório onde o Barão von Schneeburg relata a abertura de trilhas e picadas, a construção de ranchos, pedindo também que a Província encaminhasse soldados para enfrentarem os bugres.
  • 1873 - Distritos da Colônia Itajahy-Brusque e Príncipe Dom Pedro são desmembrados de Itajaí e formam uma nova freguesia, denominada São Luiz Gonzaga.

Nasceram neste dia…


Faleceram neste dia…

Outros dias: 29 · 30 · 31 · 1 · 2 | ver todos…

Mutter Jonk ou Margarethe Jonk
Nascida Todt, era natural da Alemanha. Cedo emigrou para o Brasil, cuja cidadania abraçou, prestando juramento, no dia 27 de setembro de 1857, na Freguesia de Santa Tereza de Valença, no Rio de Janeiro. Casou com Ferdinando Jonk, natural de Holstein, Alemanha, em Petrópolis, tendo desse matrimônio nascido 5 filhos, 42 netos, 88 bisnetos e 4 tataranetos.


Ficheiro:Wbar_pink.jpg

Rua das Carreiras, ao lado direito prédio da administração da Colônia Itajahy-Brusque. Acervo FCB/Aurelino de Souza
Ficheiro:Wbar_pink.jpg
link={{{escultura}}}

"O homem" de Filin Gheorghi, participante do Simpósio Internacional de Esculturas do Brasil.

Brusque 150 anos

Síntese Histórica · Livro · Desfile · Praças · Exposições · Mostras · Igreja Luterana

Personalidades

Políticos · Religiosos · Educadores

Como pesquisar em
Bairros

Guarani · Jardim Maluche · São Luiz · Santa Terezinha · Santa Rita

Acervo Sala Brusque
Localidades

Águas Claras · Azambuja · Bateas · Cedrinho · Centro · Cerâmica Reis · Cristalina · Dom Joaquim · Limeira · Limoeiro · Nova Itália · Paquetá · Planalto · Poço Fundo · Ponta Russa · Primeiro de Maio · Rio Branco · Santa Luzia · São João · São Pedro · Souza Cruz · Steffen · Thomaz Coelho · Volta Grande · Nova Brasília · Zantão

Visualizações
Ferramentas pessoais
Navegação
Ferramentas