Guarani

De Sala Brusque Virtual

  • Álisson Sousa Castro, Historiador.

Em 1996 o Prefeito Danilo Moritz sanciona uma lei[1] que denomina o bairro Guarani, entre os bairros Jardim Maluche e o município de Guabiruba.

Tabela de conteúdo

Educação

E.E.B. "João Hassmann"[2]

Considerada hoje uma das maiores instituições da rede municipal de ensino do município de Brusque, a Escola de Educação Básica "João Hassmann" iniciou suas atividades em uma pequena casa particular do bairro, situada na rua Rio Branco, no ano de 1954, com 54 alunos.

O nome da escola é uma homenagem ao pai de Maria Hassmann, doadora do terreno destinado à construção da escola.

Denominações

Em 4 de janeiro de 1954 é criada a Escola Mista Municipal Ernesto Bianchini.[3], sendo suas primeiras professoras Benta Hildergardes Silva e Regina Amélia G. Carneiro. Após um mês, a escola já é desdobrada em duas classes.[4]. Dois anos depois, em uma terceira classe - quando já estava nomeada "João Hassmann".[5].

Em 1961 passa a denominar-se Grupo Escolar João Hassmann. Em 20 de julho de 1974, por meio de decreto, transforma-se em Escola Básica Municipal, atendendo também crianças em idade pré-escolar. Em 8 de março de 1989 é transformado em Colégio Municipal[6].. Por fim, o Colégio Municipal passou a ser Escola de Educação Básica "João Hassmann" em 20 de novembro de 2000[7], ocupando o prédio do CAIC - Centro de Aprendizagem e Integração de Cursos - desde 1996.

C.E.I. “Pequenos Pensadores”[8]

Em 6 de agosto de 1982 foi denominada de Recreação Infantil "Tia Dóris" a sala de aula anexa à Escola João Hassmann[9] destinada ao lazer de crianças de 3 a 6 anos de idade.

O Centro de Educação Infantil “Pequenos Pensadores” iniciou suas atividades independente da Escola de Educação Básica “João Hassmann” no ano de 2004. Na ocasião, foram atendidos 141 alunos de 3 a 6 anos distribuídos em: quatro turmas no período matutino e quatro turmas no período vespertino.

Este trabalho iniciou com o seguinte corpo de funcionários: cinco professoras de turma, duas professoras do projeto Apoio Pedagógico, dois professores do projeto de Inglês, dois professores de Educação Física, duas professoras do projeto Recreateca, cinco serventes/merendeiras, uma diretora e uma auxiliar de secretaria.

Embora o CEI fosse autônomo, com direção e funcionários próprios, passou a chamar-se Centro de Educação Infantil “João Hassmann”, pois ainda não havia decreto de criação. Embora, não tendo decreto de criação, iniciou-se uma mobilização para escolha de um nome para o CEI, por meio de sugestões dadas pelos pais, alunos e funcionários e do voto direto. Em assembleia geral foi escolhido o nome do CEI que passou a chamar-se Centro de Educação Infantil “Pequenos Pensadores”. Este nome foi sugerido pela então diretora do CEI, Keli Regina Coelho Rosa. Em seguida, instituiu-se uma representação de pais e professores denominada Associação de Pais e Professores, que passaram a participar das decisões e organização das atividades do CEI junto a comunidade.

No período de 2004 a dezembro de 2008, o CEI teve como diretora Keli Regina Coelho Rosa. Em 2009, o CEI foi dirigido por Sílvia Decker Teixeira e a partir de fevereiro de 2010, por Beatriz Brigitte Borchardt Grisa.

Atualmente, o CEI possui 155 alunos matriculados, sendo 40 em regime integral e 115 em período parcial. Para atender esta clientela a escola conta com 17 funcionários, sendo 6 professoras regentes, 2 professoras auxiliares e 2 monitoras, uma professora de Educação Física, uma diretora, uma coordenadora pedagógica e 4 funcionárias da higiene e alimentação. A turma da Pré-Escola está sendo atendida no Colégio João Hassmann por falta de espaço físico.

Estádio Olímpico de Brusque

Em janeiro de 1992 foram desapropriados 13 terrenos sitos a rua General Osório destinados à implantação e construção do Estádio Olímpico de Brusque[10]. A ideia não foi implementada pelo então prefeito Ciro Marcial Roza.

Referências

  1. Brusque, Lei Nº 2080 de 02 de maio de 1996.
  2. Informações fornecidas pela Secretaria Municipal de Educação
  3. Brusque. Decreto nº 88, de 4 de janeiro de 1954. Cria a Escola Municipal de Rua Ernesto Bianchini.
  4. Brusque. Decreto nº 89, de 15 de fevereiro de 1954. Desdobra a Escola Mista Municipal de Rua Ernesto Bianchini.
  5. Brusque. Decreto nº 137, de 15 de fevereiro de 1956. Desdobra as Escolas Municipais de Alsacia (Professora Georgina de Carvalho Ramos da Luz) e Rua Ernesto Bianchini (João Hassmann).
  6. Brusque. Decreto nº 2.020 de 8 de março de 1989.
  7. Decreto municipal nº 4623/2000
  8. Informações fornecidas pela Secretaria Municipal de Educação
  9. Brusque. Decreto nº 1.214 de 6 de agosto de 1982.
  10. Brusque. Decreto nº 2.560 de 9 de janeiro de 1992. Declara de utilidade pública para fins de desapropriação os imóveis abaixo especificados e dá outras providências.
Ferramentas pessoais