Firmino José Correia

De Sala Brusque Virtual

  • Álisson Sousa Castro, Historiador.

Capitão Firmino José Correia foi o terceiro administrador efetivo da Colônia Itajahy(Brusque). Ele fora nomeado após a polêmica administração do Barão von Klitzing, acusado de desviar recursos destinados à colônia. Além disto, após a tentativa fracassada do estabelecimento da Colônia Príncipe Dom Pedro, em 6 de dezembro de 1869, pelo Aviso do Ministério da Agricultura, extinguiu-a, mandando anexar seu território ao da Colônia Itajaí (Brusque). Ainda, pelo mesmo aviso, era nomeado o Capitão Fermino para a direção da colônia[1]

Apesar de sua curtíssima passagem pela direção da colônia, podemos destacar o início das obras da Estrada de Itajaí, que no início da década década de 1870 já contava com 3 léguas feitas, das 7 projetadas[2].

O capitão Firmino fora exonerado em julho de 1870 e ocupou outros cargos públicos.


Precedido por

Friderich von Klitzing
24/10/1868 - 07/10/1869
Administrador da Colônia

Capitão Firmino José Correia
09/12/1869 - 07/1870
Sucedido por

Major João Detsi
1870 - 05/11/1871

Referências

  1. CABRAL, Oswaldo Rodrigues. Brusque: Subsídios para a história de uma colonia nos tempos do Império. Brusque: Sociedade Amigos de Brusque, 1958. p. 137.
  2. Ibid. p. 140.
Ferramentas pessoais